Tudo que você queria perguntar sobre chocolate

19 05 2010

Por Tata Azevedo

O chocolate pode causar acne?

Não existe nada comprovado em termos científicos que comprove o fato.

Quais os nutrientes do chocolate?

Os mineirais cálcio, magnésio, potássio e as vitaminas A, B1, B2, C, D e F.

O chocolate diet é menos calórico?

Esse não contém açucar, porém contém mais gordura e a mesma quantidade de calorias que o chocolate normal.

Quais as desvantagens do chocolate?

Em uma barra de 100g tem cerca de 500 calorias. Consuma com moderação!

O que acontece quando alguém tem enxaqueca come chocolate?

Pode desencadear uma crise.

Qual os efeitos do chocolate sobre o humor?

Confira no post, Chocolate Combate o Stress -> https://chocolatraa.wordpress.com/2010/05/07/406/

Entrevista realizada com o Dr.Fellipo Pedrinola pela revista Menu.





Cartazes Retrô

11 05 2010

Aí vai cinco cartazes antigos da minha coleção. Apreciem!





Batata Frita de Chocolate

10 05 2010

Por Tata Azevedo

A marca Royce Confect lança no mercado a Royce Potato Chip Chocolate,  ela vem coberta por chocolate. A misturar doce com salgado é algo que os japoneses adoram fazer e em particular, também, adoro essa misturas.

Ainda não tive o prazer de experimentar, mas quem já experimentou, afirma, é uma delícia. O chips vem numa caixinha com o layout  super bonitinho, o salgadinho é vendido por 693 ienes, o equivalente a R$18 reais. Quem já tiver experimentado coloque um post e conte-nos sua experiência doce e salgado.





Tiramissù, uma sobremesa afrodisíaca

5 05 2010

Por Tata Azevedo

É atribuida aos italianos a paternidade do clássico, pavê Tiramusù, de sabor intenso e delicado. Seu nome possui alguns significados “me escolha” ou “me faça feliz” ou “que te levanta”, lançado na década de 60 pelo restaurante Da Alfredo, em Treviso, no Vêneto, pertencente ao grupo Toulà, dos restaurantes Alfredo Beltrame e Arturo Filippini. Mas a dupla nunca reivindicou a criação da receita. Pelo contrário, atribuiu a um bordel existente no Vêneto após a Segunda Guerra Mundial. A anfitriã recebia os clientes com um doce que seria batizado, posteriormente, de tiramisù. “Quando entregava a cortesia, fazia esta citação maliciosa: ‘Coma, ofereço-te um doce que ti tira mi su…’ (que te levanta)”. As cortesãs, também, acreditavam que deveriam consumir o pavê antes que os cavalheiros chegassem, para obter energia e entretê-los a noite toda.

A receita original possui o formato redondo e leva biscoitos Savoiardi, ovos, açúcar, queijo mascarpone, rum e cacau. O mascarpone é um queijo italiano muito cremoso, originário da região da Lombardia e é conseguido através de uma mistura de leite de vaca e uma solução de ácido tartárico, e o mais interessante desta história é que a ração dessas vacas é bem especial, composta por ervas e flores. O que dá a esse queijo um sabor todo especial para a preparação do doce afrodisíaco.





A famosa Sachertorte

22 04 2010

A sachertorte é uma contribuição da Áustria. Criada por um jovem pâtissier de 17 anos chamado Franz Sacher, em 1832, para o banquete oferecido pelo príncipe Klemens Wenzel Lothar Mettenich, em Viena. Porém existe muitas controvérsias com relação a verdadeira história. Existe a de Louis Clichy, 1903, na qual leva recheio de ganache e creme de manteiga de café. Existe a de Maison Dalloyau, em Paris, que escreveu no alto do doce, opera, uma forma de homenagem a arte de Paris.

Acredito que com o passar dos anos a receita foi aprimorada por chefs, também, adaptada e inovada. Por isso, existem inúmeras receitas com recheios diversos e várias histórias a respeito. Cada uma com sua devida “evolução”, a de seu respectivo criador. Apenas, lembremo-nos daquela frase célebre, nada se cria tudo se transforma. Dita as más líguas, se copia.

A teórica receita original, registrada em 1876 pelo filho de Sacher, está guardada a sete chaves pelo Hotel Sacher: a base é de bolo de chocolate, finamente revestidos com geléia de damasco e a cobertura de chocolate. O hotel serve com chantilly sem açucar e café com leite (wiener melange). É um doce muito seco para ser consumido puro.

Outra controvérsia que circunda essa deliciosa história é a versão da confeitaria Demels com a “Demels Sachertorte”. A diferença desta para a “Original Sachertorte” é que a geléia de damasco é colocada sob a cobertura de chocolate e não no meio.





Coquetéis com chocolate

15 04 2010

Foi na virada do século XIX para XX que se estabeleceu o glamour de se preparar coquetéis com chocolate. Levado a Europa pelos espanhóis, o chocolate seduziu os habitantes do Velho Mundo, que logo fora associado ao luxo.

Hoje, existem as mais variadas combinações de chocolate em coquetéis. E, antes de mais nada, anote esse segredo que vou lhes contar. O chocolate não se dá muito bem com frutas cítricas na coquetelaria, pois, normalmente, o chocolate é dissolvido no leite, que por sua vez não causa um resultado satisfatório. 

Em compensação, o chocolate faz deliciosas parcerias com café, licores cremosos e destilados como o cognac e o whisky. São exemplos de misturas da coquetelaria que deram certo: whiskey irlandês com chocolate e mel; licor Baileys com chocolate amargo; iogurte natural com amarula e chocolate ao leite e, por último, o famoso Alexander feito com brandy e chocolate meio-amargo.





Seu “GANACHE”!!!!!

14 04 2010

 

Um ajudante de um famoso confeiteiro  parisiense derrama, sem querer, uma panela de leite quente numa bacia onde estavam repousando algumas barras de chocolate. É, então, chingado pelo patrão: “Ganache!”, que expressa algo como “sua besta!”. Para não chorar o chamado leite derramado, o ajudante mistura nervosamente o leite ao chocolate ao leite, e assim surge o ganache. Hoje, mistura-se o chocolate com creme de leite fresco, fervido e um pouco de manteiga, o que dá um resultado muito mais homogêneo.