A melhor cerveja com chocolate do mundo

4 04 2011

Essa delícia de cerveja doce, mas não excessivamente, foi a primeira cerveja de chocolate a ser produzida no mundo em meados dos anos 90. O aroma natural e cativante de chocolate ao leite com textura sedosa e com sabor de malte torrado marcante se destaca deixando ao final um toque de café e chocolate amargo. Seu baixo teor alcoólico e muito aroma a torna fácil de ser apreciada, apesar de se apresentar mais forte nos primeiros goles.

O design da garrafa lembra uma garrafa de licor, o rótulo e tampa são geniais.

ESTILO STOUT

As stouts são cervejas de cor escura derivada do malte torrado, que naturalmente lhe confere sabor e aroma de café e chocolate. A mais famosa das stouts é a Guiness, mas a Young’s Double Chocolate Stout é um pouco mais adocicada, devido à adição de chocolate inglês Cadbury em sua composição junto ao lúpulo durante a fase de cozimento da cerveja.

Young’s Double Chocolate Stout

Nota: A, site Beer Advocate e 89 pts., o site Tasting.

Tipo: Ale/Sweet Stout com chocolate
Origem: Inglaterra, Bedford
Cervejaria: Wells and Youngs

Marca: Youngs

Cor: preta

Sabor: chocolate amargo, café, malte torrado, malte, doce, torrefação, leve acidez, amargor final de média intensidade e duração, corpo médio/baixo e levemente seca.

Aroma: Chocolate ao leite, adocicado, lúpulo, malte, leve torrefação.

Espuma: Boa formação e duração, cor bege escura, boa consistência e deixa marcas.

Textura: sedosa.

Teor Alcoólico: 5.2%

Taça/Copo: tulipa

Vai bem com: chocolate, sobremesas, sem acompanhamento.

Garrafa: 500ml

Armazenamento: em pé

Temperatura: 8ºC a 12ºC.

Comprei um exemplar da garrafa por R$16,54 reais em um supermercado do Lago Sul-DF.

Vale muito apena ter o prazer de saborear essa bebida dos deuses.

Anúncios




Dicas de como preparar seu chocolate

16 04 2010

Normalmente, os americanos tomam chocolate misturando-o com água quente, a quantidade desejada de cacau e acrescenta-se o açucar e os aromatizantes (canela, por exemplo) a gosto. Esse método não é o ideal, a química explica, que não se deve raspar o chocolate com faca e nem moê-lo com pilão, pois a colisão o seca  tornando a bebida insossa.

Assim, para se fazer o chocolate próprio para o consumo imediáto, deve-se colocar cerca de 50g de chocolate e, dissolvê-lo suavemente, em uma xícara de água usando uma colher de madeira; deixe a solução ferver durante quinze minutos, para adquirir a consitência ideal, em seguida sirva-se.

Outra forma de prepará-lo com um toque de refinamento, é fazer de acordo com a descrição acima, porém deixá-lo descansar de um dia para o outro. Essa forma o deixa concentrado e lhe dá uma textura aveludada.

Pronto para ser consumido e apreciado.